quarta-feira, outubro 11, 2006

Entrevista de Alckmin a TV Inglesa. Absurdo...

Alckmin no debate (08/10): "A diferença é de carater, eu não me omito, eu não jogo nas costas do governo as minhas responsabilidades"

Vejam o vídeo a seguir e tirem suas próprias conclusões:

2 comentários:

jose carlos lima disse...

Há quem tenha se surpeendido com a disenteria oral de Ferreira Gullar atacando Lula hoje, 15/10/06, na Folha de São Paulo. Eu não me surpreendi nem um pouco. Ferreira Gullar é persona non grata no meio artístico, pelo menos junto aqueles que, como Lygia Clark e Hélio Oiticica, romperam com o concretismo e avaçaram no sentido do neoconcretismo, movimento que desaguou, por exemplo, na Tropicália. Os parangolés, de Helio Oiticica, são a expresão da ruptura com um passado rígido, este passado, se não me engano, dos idos dos anos 50, ao qual, lamentávelmente, Ferreira Gullar ainda está preso. Isto sim, um artista frustado, infeliz. È isto o que é Ferreira Gullar. Não me surpreendo nem um pouco com esta visão tosca do "poeta." Visite meu blog http://abandon.zip.net

Anônimo disse...

Apenas um detalhe... será que ninguem percebeu a edição que fora feita??? Exatamente um segundo antes de Alckmin dizer "muito obrigado, tchau, tchau" HÁ UM CORTE. A princípio parece que ele simplesmente diz "temos que ouvir as autoridades do governo de São Paulo...", "muito obrigado". Percebam que nesse meio tempo, há um corte. Só isso...